sábado, 12 de maio de 2012

domingo, 21 de março de 2010

MULHERES MARAVILHOSAS !!!

'Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer. A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe, filha e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado, decido o cardápio das refeições, cuido dos filhos, telefono sempre para minha mãe, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos e ainda faço as unhas e depilação!

E, entre uma coisa e outra, leio livros.

Portanto, sou ocupada, mas não uma workholic.

Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres.

Primeiro: a dizer NÃO.

Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO.

Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero.
Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.

Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros..

Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.

Você não é Nossa Senhora.

Você é, humildemente, uma mulher.

E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável. É ter tempo.

Tempo para fazer nada.

Tempo para fazer tudo.

Tempo para dançar sozinha na sala.

Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.

Tempo para sumir dois dias com seu amor.

Três dias..

Cinco dias!

Tempo para uma massagem..

Tempo para ver a novela.

Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.

Tempo para fazer um tr abalho voluntário.

Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.

Tempo para conhecer outras pessoas.

Voltar a estudar.



Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.

Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.

Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.

Existir, a que será que se destina?

Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.

A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada. Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.

Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si.

Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!

Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente.
Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir. Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.

Desacelerar tem um custo. Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C.
Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores.

E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante'


Martha Medeiros - Jornalista e escritora
(Texto na Revista do Jornal O Globo)

REPASSEM PARA TODAS AS MULHERES MARAVILHOSAS QUE TRABALHAM, QUE BATALHAM, QUE LUTAM PARA SER FELIZ!

domingo, 31 de janeiro de 2010

PERDIDOS EM S.B.O. V.3.1

Janeiro é o mês onde estamos mais livres para nos encontrar.....(as miguxas)
porém....dificil mesmo...é achar o caminho.
Embora já tenha ido para lá inumeras vezes, eu e Cá...(ainda bem que nessa eu não estou sozinha) nunca achamos o caminho.
Desta vez, resolvemos tentar chegar sem pedir ajuda, porque sempre somos motivo de piada, era uma questão de honra!!

Bem, estamos eu e Cá e nossos filhos (que sempre nos apoiam nesta nossa luta de encontrarmos o caminho) e paramos em frente a um lugar ai....na estrada...

Era um tal....alguma coisa da Baiana
Neste momento, chegamos a conclusão que seria impossivel encontrarmos o caminho sozinhas, então resolvemos ligar...

Ouvimos meio que uma risadinha da Gra, mas achamos que era apenas uma questão de que sempre ela tinha que buscar a gente no meio do caminho mesmo....então...

Ai, resolvemos entrar no tal lugar e tomar ai uma cerveja enquanto eles não vinham encontrar a gente....

Logo que entramos a mulher perguntou: Quantos anos eles tem? ai eu rapidamente falei, eles são nossos filhos e não bebem.

Bem, sentamos e nada de ninguem ligar (será que é porque esquecemos os dois celulares dentro do carro?). Esperamos, esperamos e nada....

Comentamos...nossa dessa vez acho que a gente se perdeu muito mais do que de costume em....vamos tomar outra?

Ai pegamos uns copos e ficamos lá na frente do tal lugar....
Os carros buzinavam, mas a gente nem ligava, afinal eram apenas umas oito horas da noite...nada assim...tão fantástico ou assustador em uma cidade pequena....

Finalmente aparecem e perguntam..Caramba onde vocês estavam?
A gente estava lá dentro...
Cade as crianças
Estão lá dentro....
Ai bateu um certo desespero na Grazi...MEO.....VAI TIRAR ELES DE LÁ, AQUI É UMA CASA DE LUZ VERMELHA....

MEO...fazia tempo que não ouvia essa expressão...CASA DA LUZ VERMELHA...

Entrei, como se nada estivesse acontecendo, agradeci o atendimento (que por sinal foi otimo), pegamos as crianças e vazamos rapidamente...

BEM....SEM COMENTÁRIOS!!

Claro que a gente acabou sendo piada a noite inteira...

Fazer o que neh...EU ADORO SER SEMPRE O MOTIVO DAS PIADAS.....QUE GRAÇA TEM A VIDA SE A GENTE NÃO PUDER FAZER AS PESSOAS RIREM NEH???

FILHA...MAMÃE TE AMA....rsrsrsr


AH.....JÁ IA ESQUECENDO.....
A GRAZI GANHOU UM COPO DE CHOP GIGANTE....COM UMA ETIQUETA ESCRITO ALGUMA COISA QUE NÃO ME LEMBRO....E AI TODO MUNDO TIROU FOTO COM O TAL COPO, UMA VERDADEIRA LAMBANÇA....E LÁ VOU EU LAVAR OS COPOS (EU ADORO LAVAR COPOS) E TÔ LÁ TODA FELIZ....LAVANDO OS COPOS....
E FALEI PARA GABI...MEO...FINALMENTE CONSEGUI TIRAR A ETIQUETA DESSE COPO GIGANTE....O TAL COPO...

AI ELE FALOU...MMMMMILIA....ACHO QUE ESTA ETIQUETA NÃO ERA PARA SAIR...TIPO ASSIM...A ETIQUETA É O CHARME DO COPO, ELA FALAVA GRANDE NUNCA É DEMAIS...OU TA BOM PARA VOCE OU .....COISA PARECIDA...ALGUMA ANALOGIA REFERENTE A DESPROPORCIONALIDADE DO COPO PARA QUEM É BEBADO PROFISSIONAL...TIPO ASSIM...O COPO ACHO QUE TEM UM 1,5L...BEM, NUNCA VAMOS SABER EXATAMENTE O QUE ESTAVA ESCRITO....PORQUE RAPIDAMENTE EU PEGUEI OS PEDAÇOS E TENTEI COLAR NO COPO, FICOU UMA OBRA SURREAL E ACHEI QUE NINGUEM IA NOTAR, POREM, A CUNHADA DELA...JÁ DIZ O NOME, SE CUNHADA FOSSE COISA BOA NÃO COMEÇAVA COM ...BEM, AI ELA ME ENTREGOU, COMEÇOU A RIR SEM PARAR, E TODO MUNDO FICOU SABENDO....FOI O FECHAMENTO DA NOITE DEPOIS DO INICIO NA CASA DA LUZ VERMELHA...

BEM GRA...NESTES TANTOS ANOS DE AMIZADE...NENHUM COPO QUEBRADO....APENAS UMA ETIQUETA RASGADA....ACHO QUE ESTAMOS NO LUCRO EM?

O QUE IMPORTA É QUE ESPERO QUE SEU ANIVERSARIO TENHA SIDO LEGAL ASSIM COMO FOI O MEU EM SUA CASA...

BJOS...